Aviação Civil

Amaszonas Uruguay planeja voos ao Brasil

Neste ano, a companhia pretende chegar a Curitiba, Foz do Iguaçu e Porto Alegre.

A companhia Amaszonas Uruguay, subsidiária do grupo Amaszonas, da Bolívia, através do vice-presidente legal do grupo, Sergio Leon, anunciou os seus planos para este ano. O crescimento da companhia uruguaia será dividido em três fases: até o fim do ano, deverão ser três destinos no Brasil. Tais informações foram dadas na abertura de um evento em Montevidéu e noticiadas pelo portal Hosteltur.

CX-LVA

CRJ-200 da Amaszonas Uruguay. Foto: Bruno Orofino

A primeira fase ocorrerá no mês de julho e consistirá no lançamento da rota Montevidéu-Curitiba, inicialmente com quatro frequências semanais. Tal conexão não é realizada desde o início de 2014, quando a BQB Líneas Aéreas paralisou suas operações. O voo deverá ser realizado por um dos dois Bombardier CRJ-200 da companhia, com capacidade para 50 passageiros.

A segunda fase, prevista para outubro, combinará a chegada do terceiro Bombardier CRJ-200 à frota com o lançamento de mais dois voos ao Brasil. As cidades pretendidas são Foz do Iguaçu e Porto Alegre. Enquanto a primeira não tem ligação regular com a capital do Uruguai, a segunda tem voos diários operados pela Azul e três semanais realizados pela Gol.

Por último, em novembro, a companhia espera iniciar voos para Salto e Rivera, no interior uruguaio. Tais destinos, a princípio, devem ser operados pelos Bombardier Dash 8-100 (Q200), para 37 passageiros. O voo a Rivera, além disso, deve ser “esticado” para Porto Alegre. Cabe destacar que esta operação atenderá o público de Sant’Ana do Livramento, cidade brasileira localizada a 498km de Porto Alegre, já na fronteira com o Uruguai.

O plano de aumento das operações também envolve o início das operações entre Montevidéu e Rosário, que segundo a apresentação de slides mostrada no evento é um “importante conector” para Curitiba e Porto Alegre, além da ampliação das frequências do “Puente Aéreo” entre as capitais argentina e uruguaia. Por fim, deve ter início uma operação semanal entre Punta del Este e Buenos Aires.

A Amaszonas Uruguay já havia solicitado voos ao Brasil em dezembro de 2016, mas tal pedido não avançou. Além disso, na inauguração dos voos da Amaszonas Paraguay a Campinas e ao Rio, em janeiro desse ano, Campinas e Rio foram mencionados como potenciais destinos do grupo que poderiam ser conectados a Montevidéu.

Categorias:Aviação Civil

Marcado como:, , , ,

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s