Aviação Civil

Azul apresenta resultados do primeiro trimestre

Lucro líquido da empresa no trimestre subiu 260%, totalizando R$210,5 milhões

A companhia aérea Azul, divulgou nesta quinta-feira (10), resultados financeiros do primeiro trimestre de 2018. O lucro líquido da empresa foi de R$210,5 milhões, aumento de R$ 152,2 milhões, alta de 260% comparado com os R$58,4 milhões no mesmo período de 2017.

A Azul registrou resultado operacional de R$ 275,9 milhões, com margem EBIT de 12.5%. “Este foi um resultado operacional recorde no primeiro trimestre para a Azul”, disse a empresa em comunicado ao mercado. A receita líquida totalizou R$2,2 bilhões, aumento de 17,8% em relação ao primeiro trimestre de 2017.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação, armotização e aluguel de aeronaves(EBITDAR) aumentou 20,8% para R$684,2 milhões, com margem de 30,9%. O PRASK(receita de passageiros por assentos por quilômetros oferecidos) aumentou em 5,1% comparado ao mesmo período de 2017.

O número de passageiros transportados por quilômetro(RPK) aumentou 13,4%, frente a um aumento de 12,2% na capacidade, resultando no crescimento da taxa de ocupação, passando de 81,4% no primeiro trimestre de 2017 para 82,2% no mesmo trimestre em 2018.

Embraer E195 Azul CNF Confins Belo Horizonte

Azul registrou resultado operacional recorde no primeiro trimestre de 2018.

As despesas operacionais por ASK(assento-quilômetro oferecido) aumentaram 0,7%, enquanto o CASK(custo operacional dividido pelo total de assentos-quilômetro oferecidos) aumentou 3,4%, mesmo com a depreciação de 3,2% do real na comparação anual e aumento de 21% no preço do petróleo.

As despesas financeiras da Azul diminuíram em 35,8%, de R$139,3 milhões para R$89,4 milhões. Ao final do primeiro trimeste de 2018, a liquidez da empesa foi de R$3,4 bilhões, o que representa 42,4% da receita acumulada nos últimos 12 meses.

A receita da Azul Cargo Express cresceu 61% comparado ao primeiro trimestre de 2017. O Tudo Azul apresentou aumento de 48% no seu faturamento bruto(excluindo a Azul), na comparação anual.

No final do trimestre, a frota da Azul contava com 120 aeronaves, duas a menos em relação ao primeiro trimestre de 2017. A Azul fechou os três primeiros meses do ano com 14 Airbus A320neo, que representam 22% do número de assentos-quilômetros oferecidos(ASK) da empresa. A Azul espera fechar o ano com 20 A320neo, o equivalente a 31% da capacidade total da empresa.

 

 

 

Categorias:Aviação Civil

Marcado como:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s