Aviação Civil

FOTOS: Visita ao hangar da ATSA em Lima, Peru

Entre outros, a empresa opera F-50, Antonov-32, aeronaves raras em nosso país.

No início deste mês estivemos no Peru para realizar um tour de aviação pelo país vizinho, que conta com diversas aeronaves bem incomuns no Brasil. Nossa primeira parada, logo após a chegada, foi no hangar da Aero Transporte S.A., mais conhecida como ATSA. A empresa presta serviços de táxi aéreo e operações de apoio às companhias mineradoras locais, além de fretamentos domésticos e internacionais. No ano passado iniciou voos regulares a destinos turísticos e pouco explorados pelas companhias congêneres.

A empresa opera, entre outras, o Fokker 50, o cargueiro Antonov An-32, o Beech 1900 e o King Air. A ATSA Airlines, que tem a incumbência de operar os voos regulares, liga Lima a Atalaya, Chachapoyas e Tingo María. Em breve pretende abrir mais destinos, tendo-nos sido citado como provável ligação futura Lima-Rio Branco, no Acre, com escala intermediária em alguma cidade fronteiriça do Peru.

No mais, foi uma visita muito interessante, com o ponto alto da visita tendo sido a visita à cabine do Antonov 32, muito raro no Brasil. Agradecemos muitíssimo à ATSA pela oportunidade e grande receptividade em sua “casa” no aeroporto de Lima.

[abra as fotos para vê-las em tamanho maior!]

Fokker 50 – OB-2043-P

O Fokker 50 não é utilizado regularmente no Brasil desde 2008, quando a OceanAir (hoje Avianca Brasil) decidiu remover de sua frota os exemplares que tinha. A aeronave das fotos foi fabricada em 1988 e operou na Ansett e na Flight West, da Austrália, na Austrian Airlines, da Áustria, na malaia Malaysia Airlines e por último na sueca Skyways Airlines até 2012. Em 2013 foi incorporado à frota da ATSA. Seu interior está muito conservado.

Antonov An-32 – OB-1907-P

Esse Antonov foi construído em 1992 e entregue à panamenha Las Americas Cargo, para a qual operou até 2009, quando foi transferida para a Transaer Perú. Em 2012, a ATSA incorporou esse cargueiro, que pode ser melhor observado nas fotos abaixo.

IAI 1125 Astra – OB-2108-P

Segundo nos foi dito, esta aeronave, de origem israelense, foi a quarta produzida, além de ter sido a primeira entregue em série. Anteriormente, operava para a ATSA como o OB-1703. Realiza missões de remoção aeromédica – por isso a configuração com maca pode ser vista na foto.

Beech B200 King Air – OB2088

Produzido em 1996, voou anteriormente para operadores privados nos Estados Unidos e no Canadá.

DSC_0518

Em seus hangares também são realizados os mais diversos serviços de manutenção em sua frota.

Novamente agradecemos muito à ATSA pela oportunidade. Na próxima reportagem dessa viagem ao Peru voamos num Beech B1900 da companhia a Chachapoyas, na Amazônia peruana. Além disso, haverá mais relatos de voo em aeronaves que certamente são muito interessantes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s