Aviação Civil

Emirates inicia conversas para assumir o controle da Etihad

O acordo criaria a maior companhia aérea do mundo em tráfego de passageiros.

Segundo a Bloomberg, a Emirates, iniciou conversas para assumir o controle da empresa vizinha Etihad.

As negociações são apenas preliminares, e um acordo exigiria a bênção dos governantes dos Emirados Árabes Unidos. Uma possível fusão da Emirates com a Etihad criaria a maior companhia aérea do mundo em tráfego de passageiros.

A Emirates nega as informações sobre um possível negócio com a Etihad. “Não há verdade nesse rumor”, disse um porta-voz da Emirates à Reuters.

IMG_8387 copy

Se a transação ocorrer, a nova companhia aérea seria maior do que a American Airlines Group Inc., que tem um valor de mercado de US$ 19,2 bilhões.

A Etihad vem encolhendo suas operações após a estratégia de investimentos em outras companhias aéreas, geralmente em dificuldades, na tentativa de ajudar a alimentar seu hub em Abu Dhabi. Empresas como a Alitalia e Air Berlin, criaram um rombo financeiro no caixa da Etihad.

A companhia alemã foi dissolvida e seus ativos foram vendidos em sua maioria para a Lufthansa. A Alitalia passa por indecisões quanto ao seu controle, a empresa que estava em leilão em busca de um novo sócio, pode continuar a ter controle estatal.

B381E71D-AC63-45C4-B170-008BF5AFB95C-396-00000023B631451D

A empresa do Oriente Médio também viu seu próprio negócio sob pressão, uma vez que uma queda no preço do petróleo levou a uma redução nas viagens em economias movimentadas pelo petróleo. Isso contribuiu para uma perda de US$ 1,52 bilhão em 2017, levando o déficit de dois anos na unidade aérea para quase US$ 3,5 bilhões. A Fitch Ratings disse no mês passado que espera que a Etihad continue perdendo dinheiro até 2022.

Uma fusão entre as companhias dos Emirados Árabes Unidos não seria tão simples. Existem duplicação de rotas a partir de Dubai e Abu Dhabi. Como ficaria a estratégia dos hubs, que buscam explorar a posição da região. Além da super oferta que seria criada com uma grande frota de widebodies como o Boeing 777 e A380.

 

 

 

 

 

 

Categorias:Aviação Civil

Marcado como:,

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s