Aviação Civil

Problemas com o motor Rolls-Royce Trent 7000 atrasam entregas do A330-900neo para a TAP e Azul

Atrasos nas entregas do A330-900neo afetam programação da brasileira Azul.

A Airbus tem atrasado as entregas dos A330-900 devido às dificuldades com a fornecedora e fabricante dos motores Rolls Royce. Os problemas com os motores Rolls Royce Trent 7000 afetam o planejamento da TAP e da brasileira Azul.

Fontes ligadas a Airbus, consultadas pelo Ponte Aérea dizem que a Rolls Royce tem encontrado problemas técnicos e operacionais na produção do motor Trent 7000. A empresa britânica entregou apenas dez motores à Airbus, afetando o cronograma de entregas do A330neo.

4A14FB1E-54A3-49E5-8096-CB3BE5B149A5-371-000000240F86FE1D

Baia de montagem do RR Trent 7000.

Um dos fatores que também colaboram para o atraso na produção e entrega do Trent 7000, são as falhas encontradas no Trent 1000 do Boeing 787. Esforços na solução do Trent 1000 estão diretamente ligados nas melhorias de desenho e projeto do Trent 7000, motor variante do Trent 1000. Os motores Trent 7000 da Rolls-Royce foram certificados pela EASA em 20 de julho deste ano.

IMG_6966_pa

Visão do motores do A330-900neo utilizado na prova de rota entre Lisboa e São Paulo (GRU).

A companhia aérea brasileira, Azul Linhas Aéreas é uma das afetadas pelos atrasos, a empresa esperava utilizar seus novos A330 ainda este ano, mas devido ao atraso na entrega, o início das operações com o modelo foi reprogramado duas vezes. A entrada prevista na malha deve ocorrer em fevereiro de 2019. Nas últimas imagens do PR-ANZ – SN1876, o primeiro A330-900neo da Azul, a aeronave ainda não tinha os motores instalados.

IMG_1932

A portuguesa TAP, possui encomenda para 14 A330-900neo, a launch customer espera receber ainda este ano sua primeira aeronave. O primeiro A330-900 da companhia, o MSN1819, foi uma das três aeronaves que participaram de cerca de 1.400 horas de testes de voo, incluindo a prova de rota e a avaliação do layout da cabine “Airspace”.

O Airbus A330neo possui 234 encomendas, sendo 224 da versão -900 e 10 da versão -800.

Trechos do documento de aprovação pela EASA dos motores Trent 7000 e Trent 1000:

 

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s