Artigos Históricos

Há 50 anos o Concorde voava pela primeira vez

Um dos ícones da aviação e única aeronave comercial supersônica decolava pela primeira vez em um domingo, dia 2 de março de 1969.

A primeira e única aeronave comercial supersônica, decolava pela primeira vez há exatos 50 anos. O Concorde, um dos projetos mais visionários da indústria aeronáutica.

No dia 2 de março de 1969, a aviação comercial entrava na velocidade supersônica. Os quatro motores Olympus 593 do Concorde impulsionava o sonho audacioso construido por engenheiros, técnicos e funcionários.

IMG_3366

Concorde 001

O Concorde decolou pela primeira vez em Toulouse, com o piloto de testes André Turcat no comando do “protótipo 001”. Juntamente com Turcat, a tripulação era composta pelo co-piloto Jacques Guignard, o engenheiro de vôo Henri Perrier e o mecânico de voo Michel Rétif.

O primeiro voo do Concorde teve duração de 29 minutos, e não ultrapassou a velocidade de 480 km/h. O “001”quebrou a barreira do som pela primeira vez em outubro de 1969, durante seu 102º voo de teste. Mais sete anos foram necessários para que o Concorde entrasse em serviço comercial.

IMG_3363

Da esquerda para direita: André Turcat (piloto de testes), Jacques Guignard (co-piloto), Henri Perrier (engenheiro de voo) e Michel Retif (mecânico de voo).

No ano de 1962, França e Reino Unido firmaram um acordo bilateral para o desenvolvimento da aeronave. As sócias, British Aircraft Corporation e Sud-Aviation não estavam devidamente alinhadas. A britânica apoiava um avião de longo alcance capaz de cruzar o Atlântico, enquanto o lado francês defendia uma aeronave de médio alcance, com características do Caravelle.

O projeto efrentava vários  obstáculos, até mesmo a nomenclatura da aeronave gerou discussão. O Concorde foi mais produto de um sonho e imposição política, do que comercial, os custos de produção e operação eram altos. A aeronave jamais alavancaria a indústria aeronáutica europeia.

IMG_3365

Em 11 de dezembro de 1967, o jato com asas em delta, com desenho futurista foi apresentado pelo consórcio que anos depois seria a base para a Airbus. Como projeto político europeu, o Concorde teve seu êxito. Enquanto Estados Unidos e Rússia competiam pela conquista do espaço, a Europa construía o primeiro jato comercial capaz de atingir a velocidade do som.

IMG_3367

Ao todo 16 aeronaves foram construídas, e operadas apenas pela Air France e pela British Airways. O trágico e o único tipo de acidente ocorrido em Gonesse, perto de Paris, em 2000, marcou o fim das operações, três anos depois.

IMG_3364

O Concorde é ao lado do Boeing 747, um dos grandes ícones da história da indústria aeronáutica, todas as tecnologias, problemas e suas soluções são empregadas até hoje pelas fabricantes, do conceito ao menor componete de uma aeronave.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s