Aviação Civil

American planeja retorno do 737 MAX em agosto

Aeronaves Boeing 737 MAX não operam desde o dia 13 de março.

A American Airlines pode registrar um prejuízo de US$ 350 milhões com a suspensão das operações com o Boeing 737 MAX 8. A maior companhia aérea dos Estados Unidos, programa o retorno dos voos com o 737 MAX no dia 20 de agosto deste ano. Não existe qualquer operação programada com a aeronave até essa data.

Com a paralisação da frota de 24 aeronaves Boeing 737 MAX, a American cancelou 1,2 mil voos durante os últimos 18 dias do primeiro trimestre, gerando impacto financeiro de US$ 50 milhões, e queda de 5,4% na receita operacional no 1º trimestre de 2019. No período que vai até 19 de agosto, a aérea tomou medidas preventivas, cancelando 15 mil voos que seriam realizados com o MAX, e reacomodou 700 mil clientes.

IMG_2769

American planeja retorno do 737 MAX 8 em agosto,

De acordo com Doug Parker, CEO da American, a alta no preço do combustível associada a não utilização do 737 MAX a partir de 20 de agosto, terá custo e impactos financeiros maiores.

A respeito das compensações, Parker não soube dizer as medidas cabíveis junto a fabricante Boeing. “Não é algo sobre o qual ainda tivemos conversas. Em algum momento talvez nós o façamos, mas agora estamos trabalhando para que a aeronave volte a voar”, afirma.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s