Aviação Civil

GOL registra prejuízo de R$ 32,3 milhões no 1º trimestre

Receita líquida cresce 8,3%, atingindo R$ 3,2 bilhões, recorde da empresa no período.

A GOL, companhia aérea líder no segmento doméstico, registrou prejuízo de R$ 32,2 milhões no acumulado dos três primeiros meses de 2019, frente ao lucro líquido de R$ 142,3 milhões no 1º trimestre de 2018. A receita líquida obteve crescimento de 8,3% no período, atingindo R$ 3,2 bilhões, recorde na história da empresa.

A companhia obteve resultado operacional (EBIT) positivo pelo 11º trimestre consecutivo. O lucro operacional no trimestre, foi de R$ 546,2 milhões, 1,3% superior em comparação ao mesmo período do ano passado, a margem operacional foi 17%. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) totalizou R$ 951,8 milhões aumento de 15,5% em relação ao mesmo trimestre de 2018, a margem EBITDA foi de 29,6%, alta de 1,9%.

GOL

A GOL transportou 8,4 milhões de passageiros domésticos no trimestre.

No período, a despesa financeira líquida foi de R$401,1 milhões, um aumento de R$79,5 milhões. A depreciação do Real frente ao Dólar totalizaram perdas de R$ 90,7 milhões.

Durante o três primeiros meses do ano, a GOL transportou 8,4 milhões de passageiros domésticos no trimestre, um crescimento de 8,4%, quando comparado com o mesmo período de 2018. A taxa de ocupação consolidada da GOL no trimestre foi de 81,5% (+1.1%).

No mercado doméstico a capacidade (ASK) aumentou 2,2%, frente a um crescimento na demanda (RPK) de 4,6%, a taxa de ocupação foi de 82,5%, alta de 1,8% comparado ao mesmo trimestre do ano passado.

Já no mercado internacional a capacidade (ASK) cresceu 23%, e a demanda (RPK) teve crescimento de 18,5%. A taxa de ocupação internacional da companhia foi de 76%, queda de 2,9%. A GOL transportou 0,6 milhão de passageiros no mercado internacional, redução de 2,4% quando comparado ao primeiro trimestre de 2018.

Gol 737-700

Frota da GOL fechou o primeiro trimestre de 2019, com 122 aeronaves Boeing 737.

No fim do trimestre em 31/03/2019, a liquidez total (caixa e equivalentes de caixa, aplicações financeiras, caixa restrito, e contas a receber) totalizou em R$ 3,5 bilhões e aumentou R$ 549,7 milhões em comparação a 31/12/2018, e superior em R$ 421,5 milhões em relação à mesma data do ano passado.

A frota da GOL no fim do primeiro trimestre de 2019, totaliza 122 aeronaves Boeing 737, sendo 115 737 NG e 7 MAX. A idade média da frota da companhia foi de 9,6 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s