Aviação Civil

Azul tem lucro de R$ 137 milhões no 1º trimestre

Lucro da Azul recua 20% no trimestre e atinge R$ 137,7 milhões.

A Azul Linhas Aéreas obteve lucro líquido de R$ 137,7 milhões no acumulado dos três primeiros meses de 2019, queda de 20% quando comparado ao lucro líquido de R$ 172,3 milhões no 1º trimestre de 2018.

A receita operacional foi de R$ 2,5 bilhões no trimestre, crescimento de 16% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado operacional da Azul, recuou 10%, atingindo R$ 335,6 milhões, com margem de 13,2%.

Azul

As despesas operacionais totalizaram R$2,2 bilhões, representando um aumento de 21,3% sobre o mesmo trimestre de 2018. O custo operacional por assento-quilômetro oferecido (CASK) sofreu alta de 4,6%, devido principalmente à desvalorização média do real de 16,3%, à reoneração da folha de pagamento em 20% a partir de 1 de janeiro de 2019, e ao aumento de 8,0% no preço do combustível por litro em reais, parcialmente compensado pela introdução de aeronaves mais eficientes no consumo de combustível.

Nos três primeiros meses do ano, a demanda medida por passageiros-quilômetros transportados (RPK) da companhia cresceu 15,6% enquanto a capacidade (ASK) teve aumento de 16%, resultando em uma taxa de ocupação de 81,8%, 0,3 ponto percentual menor que no 1º trimestre de 2018.

IMG_3574

“Primeiramente, gostaria de agradecer aos nossos tripulantes por toda dedicação, paixão e empenho durante o primeiro trimestre de 2019. Começamos o ano com um cenário macroeconômico mais desafiador que 2018, e mesmo assim, registramos um lucro líquido de R$ 137,7 milhões e um ótimo desempenho operacional”, disse John Rodgerson, presidente da Azul.

No fim do trimestre em 31/03/2019, a Azul possuía uma frota contratual de 147 aeronaves, 22 delas não incluídas na frota operacional. São 15 aeronaves subarrendadas para a TAP, dois ATRs e quatro Embraer E-Jets que estão em processo de saída da frota, e um A320neo em processo de incorporação na frota.

IMG_3575

A Azul encerrou o trimestre com R$ 4 bilhões em caixa, equivalentes de caixa, aplicações financeiras circulantes e não circulantes e contas a receber, 15,7% acima da liquidez total de R$3,4 bilhões registrada no 1º trimestre de 2018 , representando 42,4% da receita dos últimos doze meses.

 

 

 

Anúncios

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s