Aviação Civil

Conferência de resultados da Azul no 1º trimestre: confira o que foi discutido

O Ponte Aérea compilou os principais pontos discutidos na conferência com investidores quinta passada (9).

Na última quinta-feira (9) a Azul realizou a sua conferência por telefone com investidores e analistas por ocasião da apresentação dos seus resultados financeiros no 1º trimestre desse ano.

O Ponte Aérea compilou os principais pontos discutidos na conversa – a transcrição em PDF pode ser conferida clicando aqui.

PR-YRQ

A questão Avianca Brasil

Como não poderia deixar de ser, um dos principais temas em discussão na conversa foi a crise da Avianca Brasil.

John Rodgerson, CEO da Azul, afirmou que com os problemas na Avianca – que perdeu 85% de sua capacidade – a Azul deve aumentar sua receita por assento, uma tendência que deve se estender até o fim do ano, uma vez que há menos oferta no mercado.

O CEO afirmou ainda que toda essa questão referente à Avianca é “realmente um jogo em torno de Congonhas”; afirmou que uma operação maior da Azul por lá, seria a “cereja no topo do bolo para que mostrássemos nosso produto”, reiterando, entretanto, que o plano de negócios da companhia nunca dependeu disso.

Rodgerson e David Neeleman – fundador e chairman da Azul – deixaram bem claro que o interesse maior da Azul era nos slots da Avianca em Congonhas, para a entrada na Ponte Aérea Rio-São Paulo. Vale ressaltar que anteontem (13) a Azul fez nova oferta pelos ativos da Avianca.

“A maneira que a companhia foi dividida [por Gol e LATAM] não atraía muito nosso interesse, pois se nós buscássemos [os slots da] Avianca Brasil nós precisaríamos dos horários que nos permitiriam competir na Ponte Aérea Rio-São Paulo, e eu creio que apoiamos isso, creio que [a primeira proposta da Azul] seja o melhor resultado para o país e para nós”.

– John Rodgerson

Quando perguntado sobre a vinda de alguns dos A320neo da Avianca para a Azul, Rodgerson afirmou que há o interesse, mas que não tem certeza sobre o timing – ou seja, não se sabe quando eles estarão prontos para entrar na malha da Azul. Prometeu, contudo, que a empresa irá dar uma atualização sobre o assunto “nos próximos 30 a 60 dias”, informando o planejamento da empresa de acordo com o leilão ou novidades diversas sobre o caso.

Quem acompanha o Ponte Aérea sabe que a Azul já incorporou alguns dos A320 anteriormente operados pela Avianca Brasil.

Rodgerson afirmou acreditar que metade da capacidade abandonada pela Avianca Brasil será reposta, o que segundo ele, “é saudável para o Brasil e será feito com uma precificação muito mais racional”.

Por fim, um analista perguntou se, caso a Azul obtivesse os slots da Avianca em Congonhas, o aumento repentino de oferta seria financeiramente saudável para a companhia. Abhi Shah, Chief Revenue Officer (CRO) da companhia, respondeu que sim, seria – e que considerando a presença atual da companhia no mercado, não se deveria esperar por custos relevantes de marketing ou distribuição para dar um impulso inicial às novas operações.

A320neo, Embraer E2 e A330neo

Como sempre, os executivos reiteraram a importância da renovação de frota para o crescimento acentuado da Azul. Neeleman afirmou que os A320neo já correspondem a 34% da capacidade da companhia no 1º trimestre – e que o plano de transformação de frota já teve cerca de 25% concluídos.

David disse que o uso médio de cada A320neo na empresa é superior a 14 horas por dia, afirmando ser a maior utilização do modelo no mundo, e que a importância deles é ainda maior dada a desvalorização do real e maiores preços do combustível.

Sobre os Embraer 195 E2, Neeleman disse que os primeiros devem começar a chegar a partir de setembro, dizendo que até o fim do ano a Azul já terá recebido seis aeronaves do modelo.

Por fim, sobre os A330neo – cujo primeiro exemplar foi entregue à Azul há apenas alguns dias – Shah afirmou que a empresa vem tendo atrasos nas entregas, e que a chegada da segunda unidade passou de junho ou julho para possivelmente o fim do segundo semestre.

A330NEO AZUL - PA1

Expectativas para os próximos trimestres

Apesar do cenário de incertezas em relação às condições macroeconômicas, quanto às quais o mercado aéreo é muito sensível, a empresa observa com otimismo os próximos meses. Até o momento, as reservas para esse mês estão muito boas, segundo Shah, que afirma que há um bom balanço entre volume e tarifas no mercado doméstico; “a indústria está precificando muito racionalmente”, disse.

Em relação ao mercado internacional, Shah denotou cautela. “Eu não estou esperando nada diferente de nós no internacional, bem disciplinados, nenhuma grande alteração de malha. Temos apenas Porto iniciando em junho, mas além disso nenhum destino novo, apenas administrando algumas frequências aqui e ali.”

Azul Cargo

Quando perguntado por uma analista, John Rodgerson afirmou que a Azul Cargo vai muito bem.

img_7441_pa1

Na verdade [a divisão de] cargas vai muito, muito bem e o fato é que estávamos voando os nossos A320 para o cumprimento de alguns de nossos contratos de carga. Então com o que decidimos fazer com esses novos aviões cargueiros [737-400F] passamos a utilizar os nossos 320 nas rotas apropriadas, e o que temos visto é um grande crescimento nos negócios de e-commerce.

– John Rodgerson

Por fim, em relação à joint-venture com os Correios, que acabou não se desenvolvendo, um dos motivos da desistência, segundo Rodgerson, foi o crescimento acima do esperado por suas próprias operações cargueiras. “Quando começamos a negociar com os Correios pensávamos que cresceríamos cerca de 20, 25% ao ano. No ano passado, crescemos mais de 50%, e [crescemos] 41% nesse ano […] nós sabemos que, sozinhos, podemos fazer muito melhor”, afirmou o CEO da Azul.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s