Aviação Civil

Cade quer que Anac privilegie nova aérea e Azul com slots da Avianca

Órgão de defesa econômica quer evitar maior concetração de voos da LATAM e GOL no aeroporto de São Paulo.

Nas últimas semanas as três maiores companhias aéreas acirraram a disputa jurídica pelo espólio da Avianca Brasil. Entre os ativos está os direitos de pousos e decolagens (slots) em importantes aeroportos do mercado brasileiro. O slots mais valiosos são os do aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

A Avianca Brasil possui 20 pares de slots diários no terminal aéreo paulistano, cobiçados por GOL, LATAM e Azul. As operações em Congonhas estão concetradas entre GOL e LATAM, juntas possuem 87,3% dos voos comerciais no aeroporto da capital paulista.

Avianca

No espólio da Avianca Brasil, a briga por Congonhas.

Por este motivo o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deve encaminhar documentação à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para que a distribuição dos slots da Avianca privilegie um novo player, como a Air Europa, e a Azul, que teve sua proposta de US$ 145 milhões recusada.

O órgão federal responsável pela fiscalização do mercado quer evitar o duopólio em Congonhas, que prejudicaria o consumidor e o setor aéreo.

Em uma eventual falência da Avianca e de acordo com as regras da ANAC, as atuais operadoras, Azul, GOL e LATAM ficariam, cada uma, com um terço dos direitos. Uma nova entrante no aeroporto da capital paulista, teria direito a 50% das autorizações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s