Aviação Civil

Fim de uma era: Boeing produz o último 737NG

Produção da terceira geração do jato mais popular da história da indústria chega ao fim.

A terceira geração do Boeing 737, maior produto da história da fabricante norte-americana chega ao seu fim, a produção da família 737NG está com seus dias contados. A última aeronave, baseada na linha de produção (Line Number -LN), o LN 7597 está prestes a ser entregue à japonesa Skymark. Mas o último NG (Next Generation) ainda está na linha de montagem, o LN 7542 pertencente a KLM.

No final da década de 80, em 1987, no outro lado do Atlântico a Airbus apresentava o A320, jato de corredor único com grandes mudanças tecnológicas, a principal o uso do sistema Fly-by-wire. 

Renton-737-Moving-Line-Opening-2002

Para fazer frente a concorrência a Boeing iniciava o desenvolvimento de uma nova geração de aeronaves. Usando a célula base do popular 737, a norte-americana lançou uma série que visava substituir os clássicos 737. Com asas maiores, alterações no estabilizador e novos motores CFM, a Boeing apresentava ao mercado o Boeing 737NG (Next Generation).

As mudanças implementadas no 737NG proporcionavam maior peso máximo de decolagem (Maximum Takeoff Weight (MTOW), incrementando o alcance. O cockpit, desenvolvido para manter a comunalidade com o 777, contava com novos aviônicos e recursos que diminuíam a carga de trabalho e melhoravam o gerenciamento situacional.

Prototype700

O grupo de aeronaves encaixava nos nichos de mercado das versões clássicas do 737, o -600 seria o equivalente ao 737-500, o -700 substituiria o mais popular deles o 737-300, já o -800 assumia o papel da então maior variante do 737 clássico. A maior delas, o -900 visava substituir outra aeronave, o 757, um dos principais equipamentos utilizados pelas aéreas americanas nas ligações entre a Costa Leste e Oeste. A performance da família 737 NG é a essência, mas a comunalidade com as versões clássicas tornava o novo produto ainda mais atrativo.

Em 1993, os clientes já haviam encomendado 3.100 unidades do Boeing 737, no mesmo ano a empresa americana desenvolvia a família 737NG. O 737-700 foi lançado em novembro de 1993 e entregue pela primeira vez em dezembro de 1997. Já o 737-800 com capacidade para até 189 assentos foi lançado quase um ano depois, em 5 de setembro de 1994. A carteira de encomendas do portfólio do 737NG incluía 563 aeronaves para 24 clientes.

A Southwest Airlines foi a cliente de lançamento (launch customer) do programa 737 Next Generation com um pedido para 63 Boeing 737-700.

A família 737NG é composta por quatro versões básicas:

  • Boeing 737-600
  • Boeing 737-700
  • Boeing 737-800
  • Boeing 737-900

A cerimônia de apresentação do 737-700 aconteceu no dia 8 de dezembro de 1996, em Renton, no estado de Washington, local da unidade fabril do 737.

737 NG

Foto: AP/Robert Sorbo

O 737NG apresentava uma nova asa reprojetada, a envergadura foi aumentada em 4,9 metros com 25% a mais de área quando comparada ao 737-300. Os motores CFM56-7B garantiam ganhos de consumo e 900NM de alcance, totalizando 3.200NM (5.926 km). O cockpit foi atualizado com modernos aviônicos permitindo maior compatibilidade com o então recém lançado 777.

Dois meses depois do roll out, em um domingo ensolarado em Seattle, no dia 9 de fevereiro de 1997, o 737-700 decolava pela primeira vez do Aeroporto Municipal de Renton para um voo de 3h45. Os pilotos de testes Mike Hewett e Ken Higgins foram os responsáveis pelo primeiro voo.

boeing-737-700-first-flight-primeiro-voo-1997-0bec2b12

O primeiro 737-700 foi entregue à Southwest Airlines, matrícula N700GS, no dia 17 de dezembro de 1997, apenas nove meses depois do primeiro voo.

33443_1073150289

N700GS primeiro Boeing 737-700 entregue ainda voa na Southwest Airlines.

No mesmo ano, em 30 de junho de 1997, o protótipo do -800 deixava a linha de produção, realizando seu voo inaugural de testes um mês depois. Nascia então o jato mais vendido da história da Boeing. Com mais de 5.000 encomendas a variante de mais sucesso da família Next Generation alinhava maior capacidade e custos por assentos menores.

Com o 737-800 o programa NG alcançava sua maturidade técnica e comercial, a versão mais popular do produto mais vendido da história da indústria se tornou o workhorse de várias companhias aérea do mundo. Desde as tradicionais aéreas de bandeira até as companhias low fare-low cost. A aérea alemã Hapag-Lloyd foi a primeira a receber o 737-800, em abril de 1998.

737-800

A menor versão da série NG, o 737-600, com capacidade para até 126 passageiros em classe única, visava os mercados regionais ou ligações de menor demanda. O voo de estreia aconteceu em 1998, com apenas 69 encomendas, a entrega da primeira aeronave foi feita à SAS.

O 737-900, maior versão da terceira geração do 737, foi apresentado publicamente em 23 de julho de 2000. Visando ser uma opção para substituir o Boeing 757, o desempenho do  -900 deixava a desejar frente ao “Foguete de Seattle”. Apenas 52 unidades do modelo foram vendidas, a primeira delas entregue a Alaska Airlines. Para melhorar as vendas, em 2005 a versão de alcance estendido (-900ER) foi lançada, o 737-900ER acumulou 500 encomendas.

Um 737 decola em algum lugar do mundo a cada cinco segundos, 1.250 no céu a qualquer momento. O jato mais popular do mundo segue sua trajetória de sucesso, a nova família MAX, apesar dos problemas atuais, já acumula mais de 5.000 encomendas. Pela qualidade demonstrada ao longo de 52 anos, por todo know how disponível pela maior fabricante de aeronaves do mundo.

Maiores operadores por versão:

  • Boeing 737-600 – Westjet – 13
  • Boeing 737-700 – Southwest Airlines – 512
  • Boeing 737-800 – Ryanair – 440
  • Boeing 737-900/(ER) – United Airlines – 148

Abaixo os dois últimos 737NG:

 

 

 

O 737NG NO BRASIL

GOL

Atualmente no Brasil o 737NG está presente na frota da GOL Linhas Aéreas, maior aérea do país em participação de mercado. Fundada no dia 1 de agosto de 2000, a GOL selecionou o 737-700, para o inicio de seus voos.

A GOL começou a operar no dia 15 de janeiro, às 6:56, quando um Boeing 737-700 decolou de Brasília em direção ao aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Versátil o -700 foi introduzido na Ponte Aérea Rio-São Paulo no dia 17 de março de 2002. No mesmo ano e seguindo sua expansão, a GOL recebeu o primeiro 737-800.

GOL 737-800

PR-GTA primeiro a contar com o pacote Short Field Performance.

A Boeing em parceria com a GOL desenvolveu entre 2005 e 2006, o pacote de modificações Short Field Performance (SFP), as melhorias específicas atendiam os pedidos da aérea brasileira para operar no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Com o 737-800SFP a GOL se consolidaria na principal rota do país.

A frota da GOL, exclusivamente formada pela família 737, conta atualmente com 91 737-800, 24 737-700 e sete aeronaves 737 MAX 8.

Webjet

Após ser adquirida pela GOL, em julho de 2011, a companhia aérea de baixo custo com sede no Rio de Janeiro, chegou a operar com sete 737-800 até a absorção total da empresa em 2012.

IMG_4157_t

PR-GTI nas cores da Webjet.

Varig

A Varig foi a primeira companhia aérea da América Latina e operar com o 737-700, a encomenda feita em 1997 previa a entrega de 15 aeronaves -700 e 10 -800.

Em 1998 o PP-VQA foi entregue a pioneira, no mês seguinte mais três unidades fora incorporadas, o PP-VQB, PP-VQC e PP-VQD. No ano seguinte a Riograndense recebeu o PP-VQE, último -700 da companhia, que já passava por grandes dificuldades financeiras.

Da encomenda original de 10 737-800, a Varig recebeu apenas dois, o PP-VSA e PP-VSB, que permanceram até o fim das operações em junho de 2006. As duas aeronaves foram transferidas para a Gol, sendo o PP-VSB em dezembro de 2006 e o PP-VSA em abril de 2007.

IMG_3759_2

PR-VBG nas cores da nova VARIG.

1 resposta »

Deixe uma resposta para FCM Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s