Aviação Civil

Azul implementa “máscara” nas janelas do cockpit do A320neo

Primeiro A320neo com mudança nas janelas do cockpit foi flagrado em Hamburgo.

A Azul parece ter optado em implementar a conhecida “máscara” utilizada originalmente no A350, nas próximas aeronaves A320neo, que tem a receber. Além de mudar a estética, a estrutura de sustentação do para-brisa na cor preta facilita o processo de manutenção e reparos. O item é opcional para a família A320neo.

O futuro PR-YSA (MSN 9062) “NEO da cor do céu” foi flagrado por Tobias Gudat na fábrica da Airbus, em Hamburgo, na Alemanha. O -YSA aguarda no pátio do aeroporto de Finkenwerder, a instalação dos motores e interior.

Introduzida no A350, a emblemática “mascará” traz também alguns benefícios aerodinâmicos para o bimotor de fuselagem larga, reduzindo o arrasto gerado na seção frontal da aeronave.

A Azul planeja encerrar o ano fiscal de 2019 com 32 aeronaves A320neo. O custo por assento do A320neo é 29% menor quando comparado com os atuais E-Jets utilizados pela companhia.

Cliente de lançamento (launch customer) do Embraer 195 E2, a Azul receberá as primeiras unidades do modelo no segundo semestre deste ano. A geração de aeronaves Embraer E2 fornece uma redução de 26% no custo por assento comparado às aeronaves atuais.

Até o final de 2019, 40% da capacidade da Azul deve ser oferecida em aeronaves de última geração.

 

 

Anúncios

Categorias:Aviação Civil

Marcado como:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s