Ponte Aérea

Onde a notícia voa

Ryanair confirma compra da Malta Air

Com aquisição irlandesa pretende ter acesso a mercados fora da Europa.

A Ryanair Holdings anunciou hoje (11) um acordo para a aquisição da Malta Air, companhia aérea baseada em Valletta, capital da República de Malta. O negócio deve ser concluído até o final de junho. O valor da transação não foi revelado pela empresa irlandesa.

Através da nova startup maltesa a maior companhia aérea europeia em número de passageiros transportados pretende obter maior presença no país e garantir acesso em mercados fora da Europa, como o Norte da África.

Ryanair Malta Air

A Ryanair vai transferir os seis Boeing 737-800 baseados em Malta para a Malta Air. Cerca de 200 funcionários locais terão seus contratos vinculados a Malta Air.

O plano para a Malta Air Prevê a adição de mais quatro aeronaves, totalizando 10 aeronaves na frota, e a criação de 350 postos de trabalhos no prazo de três anos.

Ryanair
Michael O’Leary, CEO da Ryanair assina acordo para a compra da Malta Air.

“A Ryanair tem o prazer de receber a Malta Air no grupo de companhias aéreas Ryanair, que agora inclui a Buzz (Polónia), Lauda (Áustria), Malta Air e Ryanair (Irlanda)”, afirma  Michael O’Leary, CEO da Ryanair.

“A Malta Air vai orgulhosamente levar o nome e a bandeira de Malta para mais de 60 destinos na Europa e no Norte de África, à medida que procuramos aumentar a nossa frota, rotas, tráfego e empregos baseados nos malteses durante os próximos três anos”, acrescentou O’Leary.