Aviação Civil

Exclusivo: Passaredo trará cinco aeronaves até o fim do ano

Ampliação tem como objetivo a entrada da empresa em Congonhas e o estreitamento dos laços com a Gol.

A Passaredo Linhas Aéreas, maior regional do país ainda em operação, trará até cinco aeronaves até o final do ano. A informação foi passada ao Ponte Aérea pela própria companhia aérea.

Passaredo

Novo esquema visual da Passaredo. Foto: RAO Spotter

Nessa semana, a companhia anunciou três novas rotas em parceria com a Gol, ligando o hub da Gol em Brasília a Araguaína, Tocantins, Barreiras, na Bahia, e São José do Rio Preto, em São Paulo. Elas já estão à venda – exclusivamente pela Gol – e devem ser iniciadas em 1º de setembro. Entretanto, apesar de atualmente a regional contar apenas com 72-500 em sua frota, tanto o release quanto o sistema de vendas anunciavam as rotas como sendo operadas pelos ATR 72-600, o que levantou nosso questionamento.

A empresa confirmou a possibilidade de trazer o ATR 72-600, bem como a intenção de, até o fim do ano, de adicionar mais cinco aeronaves à atual frota de seis ATR 72-500. “Atualmente a Passaredo conta com uma frota de 6 aeronaves ATR 72-500, a Passaredo está em negociação para aumento de sua frota com a possibilidade de agregar novos ATR 72-600.”

Tal aumento de frota teria como objetivo a entrada da companhia em Congonhas, bem como alimentação dos voos da Gol. “A Passaredo está expandindo sua frota para atender aos novos destinos interline com a GOL e também para atender a nova malha do aeroporto de Congonhas. Até o final de 2019 serão agregados até 5 aeronaves adicionais na frota”, disse a companhia.

Ainda, de modo a possibilitar a nova rota ligando São José do Rio Preto a Barreiras via Brasília, a Passaredo afirmou que o voo entre Guarulhos e Vitória da Conquista será encerrado a partir de 8 de agosto. No mesmo dia, a Gol assumirá esta operação com as suas próprias aeronaves.

Coincidentemente, o estreitamento dos laços entre a Passaredo e a Gol vem uma semana após o estudo do Bradesco BBA que afirmava ser possível uma compra da regional pela Azul.

Por fim, após a decisão da Anac que impediu Gol e LATAM de disputarem os slots remanescentes da Avianca em Congonhas, priorizando empresas com menor participação, o papel da Passaredo pode ser fundamental para a Gol. Não apenas para aumentar a operação da Gol em Congonhas, mas também para impedir que a Azul tome uma parcela maior destes slots, que devem ser distribuídos em breve.

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s