Aviação Civil

Atual frota mundial de A380 e o plano de cada operadora

Atual frota mundial, o presente e o futuro do A380.

Quase 20 anos depois de sua apresentação oficial ‘rollout‘ no dia 18 de janeiro de 2005, em Toulouse, o ambicioso programa do A380 caminha para sua fase final de produção. Apesar de toda a complexidade do projeto e seu impressionante tamanho, com números únicos na aviação comercial, o A380 não decolou no mercado.

Desde a sua entrada em serviço, o A380 transportou mais de 250 milhões de passageiros. O A380 realiza em média 325 voos por dia, uma aeronave pousa ou decola a cada dois minutos em um dos 65 atendidos pelo maior avião de passageiros do mundo. Mais de 50% da capacidade mundial do A380 é ofertada na região Ásia-Pacífico, 15% em voos regionais dentro do continente asiático.

Emirates

Emirates é a maior cliente do A380.

O A380 possui apenas 15 clientes: Air France, All Nippon Airways, Asiana, British Airways, China Southern, Emirates, Etihad, Korean Air, Hi Fly, Lufthansa, Malaysia Airlines, Qantas, Qatar Airways, Singapore Airlines e Thai Airways.

“Não temos um backlog substancial do A380 e, portanto, nenhuma base para sustentar a produção, apesar de todos os nossos esforços de vendas com outras companhias aéreas nos últimos anos. Isso leva ao fim das entregas do A380 em 2021”, disse Tom Enders, diretor executivo da Airbus, no anúncio de encerramento da produção do A380 em fevereiro de 2019.

“O A380 não é apenas uma excelente engenharia e conquista industrial; passageiros de todo o mundo adoram voar nesta grande aeronave. Por isso, o anúncio de hoje é doloroso para nós e para as comunidades do A380 em todo o mundo. Mas, tenha em mente que os A380 ainda vagarão pelos céus por muitos anos e a Airbus continuará apoiando os operadores do A380″, acrescentou Enders

Ao todo, até o último mês de julho, 235 A380 operavam regularmente nas 15 companhias aéreas, do total de 251 aeronaves encomendadas. A fabricante esperava vender entre 750 a 1000 unidades do A380. No último semestre, segundo dados da Airbus divulgados ontem (31/07), apenas quatro A380 foram entregues, dois deles para a All Nippon Airways, última cliente do Superjumbo europeu.

Frota atual de A380:

Air France – 10
All Nippon Airways – 2
Asiana – 6
British Airways – 12
China Southern – 5
Emirates – 112
Etihad – 10
Korean Air – 10
Hi Fly – 1
Lufthansa – 14
Malaysia Airlines – 6
Qantas – 12
Qatar Airways – 10
Singapore Airlines – 19
Thai Airways – 6

Empresas como Air France e Qatar Airways já anunciaram oficialmente a aposentadoria completa de suas respectivas frotas de A380. Outras, como a Lufthansa e Singapore Airlines planejam reduzir o número de aeronaves utilizadas, Qantas e Emirates, maior operadora do A380, cancelaram encomendas remanescentes. Em todos os casos, as companhias optaram ou avaliam a compra de bimotores para substituir o gigante.

Como anunciado na terça-feira (30/07), a Air France aposentará seus A380 até 2022, e avalia as atuais aeronaves de última geração oferecidas no mercado como o A330neo, A350, 787 e 777X.

a380_5

Air France anunciou nesta semana a retirada total de seus A380.

A Qatar Airways planeja iniciar a substituição do A380 em 2024, as novas versões do ‘Triplo Sete’ (777-8 e 777-9) e o A350-1000 serão utilizadas em seu lugar. “Para os A380, no 10º aniversário, vamos aposentá-los. Uma vez que tenhamos pago nossas obrigações financeiras, eles irão”, disse Al Baker em entrevista concedida à Aviation Analyst em fevereiro deste ano.

Em um acordo fechado com a Airbus em março deste ano, a Lufthansa firmou pedido adicional de 20 A350-900, no negócio a fabricante europeia concordou em negociar a compra de seis A380 da empresa alemã, que deixarão a frota entre 2022-2023.

Lufthansa

Seis A380 deixarão a frota da Lufthansa entre 2022-2023.

Maior cliente do A380, a Emirates planeja operar o quadrimotor até a próxima década. Segundo Tim Clark, presidente da aérea com sede em Dubai, a empresa deve aposentar toda a sua frota de 112 aeronaves e 12 encomendas (que serão entregues até 2021) de A380 até a metade da década de 2030.

O International Air Group (IAG), holding que controla a British Airways avalia a aquisição adicional de A380, estes de segunda mão. A companhia aérea britânica deve seguir operando com o Superjumbo durante a próxima década. A Qantas, manterá sua frota de 12 aeronaves e está remodelando o interior de seus A380, apesar do cancelamento do pedido para oito jatos.

Asiana, China Southern, Etihad, Korean Air e Thai Airways não anunciaram ainda os planos futuros de suas respectivas frotas de A380. Grande parte da frota de A380 permanecerá em serviço por pelo menos 20 anos, ou seja, resta uma década até mesmo para os primeiros modelos fabricados.

 

 

.

 

 

 

 

Anúncios

Categorias:Aviação Civil

Marcado como:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s