Aviação Civil

Aeroflot cancela pedido de Boeing 787

Estatal russa voltou atrás na encomenda de 22 unidades da aeronave.

A maior companhia aérea da Rússia anunciou o cancelamento do pedido de mais 20 Boeing’s 787 realizado em 2007, avaliado em um valor total de U$ 2,7 bilhões. A encomenda incluía 18 aeronaves da menor versão, B787-8, e quatro unidades do modelo B787-9.

A Aeroflot é uma companhia aérea estatal russa fundada em 1923, que hoje conta com uma frota de mais de 250 aeronaves. Baseada em Moscow, a empresa é responsável por cerca de 40% do mercado aéreo russo.

787-10 boeing

Desde o seu lançamento em 2007, foram feitas 1.450 encomendas do Boeing 787 Dreamliner. Desse total, 894 dessas aeronaves já foram entregues, e as 556 aeronaves restantes estão sendo construídas nos centros de fabricação da Boeing em Everett e North Charleston.

O cancelamento das 22 unidades russas veio em um momento complicado para a Boeing, uma vez que as linhas de produção de aeronaves como 767, 777 e 787 estão suprindo o fluxo de caixa da gigante americana, abalada após os diversos problemas com o 737 NG e MAX.

No sentido contrário ao cancelamento russo, a Air New Zealand divulgou a encomenda de oito unidades da maior versão do Dreamliner, o Boeing 787-10, que de certa forma ameniza a lacuna deixada pela Aeroflot.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s