Ponte Aérea

Onde a notícia voa

A Airbus entregou quase 100 aeronaves a menos nos primeiros quatro meses

A Airbus entregou apenas 14 aeronaves durante o mês de abril, quando os efeitos da crise mundial afetou sua produção, obtendo uma queda de 80% comparando com o mesmo período de 2019 quando foram entregues 70 aeronaves.

A fabricante registrou apenas um único pedido de nove A320neo para a empresa de leasing Avolon, elevando os pedidos líquidos totais para 299 aeronaves nos primeiros quatro meses de 2020, no entanto nenhum cancelamento foi registrado no mês de abril.

Apenas duas aeronaves de longo alcance foram entregues no último mês, sendo um A350-900 para a Japan Airlines e um A330-200 MRTT uma versão militar de reabastecimento. A Airbus também entregou 12 aeronaves de corredor único, sendo seis A320neo e seis A321neo.

Azul foi uma das poucas operadoras a receber uma aeronave da Airbus neste ano

As entregas afiliadas à China foram para a Loong Air que recebeu um A320neo, enquanto a CMB Financial Leasing e a CDB Leasing levaram aeronaves, respectivamente, para Flynas e Azul. Também foram entregues cinco aeronaves de corredor único para as companhias aéreas turcas Turkish e Pegasus (duas e três respectivamente), outras três à IndiGo e uma à Spirit Airlines.

Até o final do mês de abril, a Airbus entregou 136 aeronaves, quase 100 a menos do que as 232 entregas alcançadas no mesmo período do ano passado. Em comparação com as entregas de corredor único em 2019, a fabricante teve uma queda de 40%, enquanto as entregas de aeronaves de longo alcance chegaram quase à metade em comparação ao mesmo período.