Ponte Aérea

Onde a notícia voa

Companhias aéreas bolivianas retomam operações

O Governo da Bolívia, após autorização do Ministério da Saúde do país, aprovou a retomada dos voos comerciais, quase após 50 dias de suspensão. A princípio, os voos terão um caráter solidário, transportando aqueles que ficaram presos em outras cidades durante o isolamento. O ministro da Presidência, Yerko Núñez, anunciou que a estatal Boliviana de Aviación (BoA), Ecojet, Amaszonas e também a Força Aérea Boliviana (FAB) gerenciarão as operações a preços acessíveis.

Entre hoje (7) e o dia 10 de maio, as três companhias realizarão voos entre as seguintes cidades: La Paz, Cochabamba, Santa Cruz, Cobija, Tarija, Sucre, Trinidad, Rurrenabaque e Riberalta. Os executivos de cada empresa tentarão ainda chegar a um acordo com o Governo Federal e prorrogar as operações pelo menos até o final do mês.

Os passageiros que pretenderem utilizar o serviço, deverão apresentar um certificado de quarentena na cidade de origem concedido pelo Serviço de Saúde Departamental (SEDES) ou pelas prefeituras e apresentar um teste negativo para a atual endemia.